Dia Mundial da Conscientização do Autismo – 2 de Abril

Dia 02 de abril: Dia Mundial da Conscientização do Autismo

por Silvana Terume

download (1)
Simbolo Mundial do Dia da Conscientização do Autismo

Hoje, dia 02 de abril, é o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Desde 2007, esta data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) a fim de chamar atenção da sociedade e dos governantes para o Transtorno do Espectro Autista (TEA). A ideia é contribuir para o esclarecimento da população e, especialmente, apontar a necessidade do oferecimento de serviços de saúde e educação capacitados para acolher e trabalhar com as pessoas com este diagnóstico e seus familiares. A cor escolhida para marcar a data é a azul.

Estima-se que o Transtorno do Espectro Autista atinge 2 milhões de pessoas apenas no Brasil e a prevalência é maior em meninos. Atualmente, há discussões sobre a questão da incidência de acordo com o gênero, pois muitas mulheres têm recebido o diagnóstico apenas quando adultas. Há indícios de que, talvez, as meninas aprendam a imitar suas colegas demonstrando menos os sinais do autismo quando crianças ou, ainda, que os diagnósticos se baseiem muito mais nas características prevalentes em meninos. Não se sabe ao certo ainda as causas do autismo, mas os cientistas têm se debruçado bastante sobre o tema nos últimos anos.

As principais características do TEA são: dificuldade de comunicação; dificuldade de socialização; padrão de comportamento restritivo e repetitivo. O termo espectro traz a ideia de que existe uma gradação do transtorno, de casos mais leves a mais graves e que há variação na forma como se apresenta. Isto significa que encontramos pessoas com autismo que se comportam de maneiras diferentes, variando também o impacto na rotina dos indivíduos.

capacartilha
Capa da Cartilha sobre Autismo desenhada por Ziraldo (clique aqui e baixe o PDF grátis)

É possível diagnosticar ou suspeitar de autismo por volta de 2 anos de idade  observando algumas características do desenvolvimento das crianças. Por isso, os profissionais de educação infantil e da saúde, como pediatras e enfermeiros, por exemplo, devem ter olhares atentos. Alguns sinais que devem despertar a atenção dos profissionais que lidam com as crianças são: não falar aos dois anos, não apontar para o que quer e não olhar quando alguém a chama.

Após fechado o diagnóstico, que pode ser realizado por profissionais da saúde como pediatras, psicólogos, psiquiatras e neurologistas, é importante que a criança e seus familiares tenham uma rede de apoio adequada: profissionais da educação capacitados, além de acompanhamento por profissionais da saúde. Não existe cura para o transtorno do espectro autista, mas uma equipe multiprofissional composta por fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, psiquiatras entre outros podem contribuir com o desenvolvimento das pessoas com este diagnóstico, além de acolherem e orientarem os familiares. Por isso, é tão importante que os profissionais tenham formação continuada sobre o tema, além de serem contratados profissionais especializados pelas Secretarias de Educação e Saúde dos municípios.

Em Campinas, há espaços como os Centros de Atenção Psicossocial Infanto Juvenis (CAPS IJ) que trabalham com as crianças com TEA e seus familiares, além da Associação para o Desenvolvimento dos Autistas de Campinas (ADACAMP) e o Centro de Desenvolvimento Humano Tiquira. Porém, nestas instituições, não há vagas para todas as pessoas com autismo, o que faz com que esta data ganhe ainda mais importância como um dia de luta pelo direito das pessoas com TEA.

Referências do texto e para mais informações:

https://vivabem.uol.com.br/noticias/redacao/2018/04/02/autismo-entenda-o-que-e-e-como-identificar-o-transtorno.htm

https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/so-descobri-que-tinha-autismo-depois-de-adulta.ghtml

http://lagartavirapupa.com.br/

https://abaforadamesinha.com.br/blog/

https://www.centrotiquira.com.br/

http://www.adacamp.org.br/

Silvana Terume é psicóloga no Centro de Saúde São Marcos (Jardim São Marcos – Campinas) e escreve regularmente neste blog

capacartilha Leia também

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s